JOAQUIM NABUCO | Ser Educacional
19 Janeiro
Bem estar
Curso de Educação Física da Nabuco aborda ginástica laboral
Por Michela Caroline

Quem nunca se queixou ou não conhece alguém que sente algum desconforto em alguma região do corpo, devido a algo que esteja associado a rotina de trabalho?

Casos assim são cada vez mais comuns nas empresas, e acabam ocasionando prejuízos quando os funcionários têm que se afastar do trabalho para tratar das chamdas LER (Lesões por Esforço Repetitivo) e/ou DORT (Doenças Orteoarticulares Relacionadas ao Trabalho). 

A ginástica laboral tem um papel determinante na diminuição desse fenômeno e se mostra como mais um campo de atuação de enorme potencial para ser explorado pelos Profissionais de Educação física. As evidências científicas são cada vez maiores a favor da prática de exercícios no ambiente de trabalho como mostra por exempl o estudo de 6 meses realizado com 49 funcionários de escritório na cidade de São Paulo, onde, Lima V. 2014, concluiu que a participação de um programa de exercícios no local de trabalho pode contribuir para o aumento da flexibilidade. O programa incluiu sessões de exercícios de 10 minutos compostas por alongamento, resistência muscular localizada, massagem, e técnicas de relaxamento. 

Outros estudos vêm sendo realizados para avaliar os efeitos dos exercícios de alongamento sobre a diminuição de dor e fadiga muscular relacionada ao trabalho (Pereira, 2013), ou seja, como pudemos observar, a Educação Física é uma profissão extremamente versátil no que se refere aos seus possíveis campos de atuação, inclusive em empresas, oferecendo benefícios incalculáveis do ponto de vista social e profissional (financeiro, rendimento, assiduidade, etc.).

No terceiro período da faculdade de Educação Física aqui da Faculdade Joaquim Nabuco, abordaremos assuntos específicos sobre este tema, onde atrelados aoutros já vistos desde o início do curso, prepararão nossos estudantes para este nicho de mercado.

Maiores informações: 2121.5979

 

 

 

 

19 Janeiro
Recife
Gestão em RH e Logística na Nabuco
Por Edson Brigido

O profissional de Gestão em RH é o responsável pela administração de Recursos Humanos nas empresas, com o foco no desenvolvimento de todas as pessoas. Todas as organizações, sejam públicas ou privadas, carecem desse profissional para desenvolver seus funcionários. Tem uma faixa salarial inicial de dois a oito salários mínimos.

Já o profissional de Logística é o responsável pela administração de materiais e recursos numa empresa, para otimizar o uso dos espaços e reduzir o tempo e o custo de cada processo. Pode ganhar de dois a 26 salários mínimos no início da carreira.

A Nassau oferece estes dois cursos. Venha conhecer. 

19 Janeiro
Recife
Ensalamento do CAPACITA
Por Maria Amélia

Prezados alunos, a partir do sábado, dia 21 de janeiro, estaremos dando início à programação do CAPACITA 2017.1.

Para facilitar a localização de vocês, segue o ensalamento dos cursos propostos.

 

Tags: 
18 Janeiro
Oportunidades
PGE abre 20 vagas de estágio em Direito
Por Maria Amélia

Estão abertas as inscrições para estágio na Procuradoria Geral do Estado (PGE). Serão selecionados 20 estudantes de Direito para atuação de 20 horas semanais, e remuneração de R$ 840 mensais. As candidaturas podem ser feitas,até o dia 3 de fevereiro, por meio do site www.nossorumo.org.br, mediante o pagamento de uma taxa de R$ 26,10. Além das oportunidades oferecidas, também haverá formação de cadastro reserva. 

18 Janeiro
São Lourenço da Mata
Nabuco em Folia
Por Deborah Gwendolyne

Carnaval chegando e a Faculdade Joaquim Nabuco - unidade São Lourenço da Mata convida todos a participarem do nosso Bloco Carnavalesco Nabuco em Folia Ano I.

A concentração do bloco será em frente a Faculdade Joaquim Nabuco, em São Lourenço da Mata, no dia 17/02 a partir das 18h.

Venha e traga sua alegria para o Nabuco em Folia!!!

18 Janeiro
Paulista
Câimbras? Saiba como minimizar as dores e até prevenir que elas aconteçam.
Por Michela Caroline

*Por Wagner Lima

Quem nunca sentiu câimbra não é mesmo? Existem dois tipos dela: 

1- Ocasionada por excesso de alguma atividade física;

2- Devido ao déficit na hidratação e eletrólitos; 

Miller e Layzer, 2005 definem câimbra como: contrações musculares involuntárias intensas, caracterizada pela ativação de uma grande quantidade de unidades motoras com uma alta frequência de disparos. Como as câimbras geradas pela fadiga, tem como peculiaridade acontecer em locais específicos (concentrado em um só lugar), a dica para resolver rapidamente é: alongamento do músculo específico, resfriamento do mesmo e até uma massagem chega a resolver de imediato. 

Já o outro tipo, ocasionado pelo desequilíbrio hidroeletrolítico, é tratado com a hidratação adequada feita de imediato, mas o desaparecimento dos sintomas só acontecerão após a chegada dos eletrólitos aos devidos locais (e isto leva um tempo). Enquanto isso, proceder com alongamentos, massagens e resfriamento da musculatura, também ajuda a minimizar um pouco a sensação de dor. 

O ideal é sempre realizar suas atividades devidamente hidratado e seguir as orientações de um Profissional de Educação Física para não correr o risco de pecar por excesso!

Aqui na Nabuco, o estudante terá a oportunidade de entender a fundo, este e outros fenômenos que acontecem com o nosso corpo decorrentes da prática de atividade física.

Inscrições abertas.

Seja Nabuco!

Telefone: 2121.5988

18 Janeiro
Pedagogia
Horário de Aula
Por Belkiss Gulard

Já está disponível os horários de aula dos turnos da MANHÃ e NOITE.

Os arquivos estão disponíveis na seção intitulada "Anexos" logo abaixo.

 

17 Janeiro
Recife
CAPACITA 2017: CONSTRUINDO TRILHOS NA FERROVIA DO SUCESSO!
Por Belkiss Gulard

O mercado de trabalho tem sofrido uma série de mudanças no decorrer destes últimos anos e, devido ao aumento da concorrência, existe uma grande expectativa na qualificação, principalmente dos novos profissionais. Porém, a natureza não dá saltos. Para uma melhoria integral das nossas atuações é necessário também um processo formativo diferenciado. Nossa conduta enquanto IES (Instituição de Ensino Superior) tem sido referência no atual contexto educacional da Região Metropolitana do Recife. E assim queremos (e vamos) seguir!

"QUEM CONSTRÓI TRILHOS SABE DA EXISTÊNCIA DOS TRENS" (Patrícia Pinheiro)

Você conhece essa citação? É por saber da existência de trens repletos de vagões de oportunidade que convidamos a comunidade acadêmica, bem como toda população recifense, interessada em construir  novos trilhos para suas vidas a participar um dos nossos eventos de Responsabilidade Social, o CAPACITA 2017.  Para maiores informações acesse http://www.joaquimnabuco.edu.br/noticias/minicursos-e-oficinas-profissionalizantes-gratuitos-na-nabuco-recife.

Neste link você irá encontrar a programação completa, que ocorrerá de  23 a 27 de janeiro ( das 8h às 12h, e das 19h às 21h30). As inscrições podem ser feitas no 1º andar do edifício sede da Faculdade Joaquim Nabuco - Unidade Recife (Avenida Guararapes, 233, Centro), doando 1 produto de higiene pessoal no ato da inscrição, que será ofertado a entidades carentes da região.

Cartaz da oficina a ser ministrada pelo Educador Alexandre Marques, pós-graduando em Educação Especial (FJN - REC)

 

 

 

17 Janeiro
Recife
Flávio Santos: uma vida dedicada a educação através da arte
Por Belkiss Gulard

Nossa comunidade acadêmica é repleta de exemplos de superação. Pessoas que buscam estar sempre rompendo barreiras, inovando cotidianamente e transformando positivamente realidades. Dentre elas, podemos citar o ex-aluno Flávio Santos  (PEDAGOGIA - FJN  - REC) que construiu uma história extremamente significativa tanto no campo da educação, quanto do fazer artístico.

Durante 04 anos de graduação, "Flavinho" como era chamado, se destacou por sua postura crítico-reflexiva singular, mobilizadora de um crescimento da sua turma, bem como do curso. Admirado da coordenação, aos professores e colegas,apresentou sempre um alto comprometimento com a formação acadêmica, obtendo grande sucesso durante a sua jornada dentro da arte-educação, na qual sempre se propôs a fazer da arte um processo educativo e da educação um processo artístico. Nem o corpo físico combalido o  impediu de dirigir  o espetáculo infanto-juvenil inédito "Aqui, onde nos encontramos" , do dramaturgo Luiz Felipe Botelho.

No último domingo (25/12/2016), Flávio partiu deixando saudades e a certeza de que tudo que fizermos pode ser realizado de uma maneira melhor ainda. Vá em paz, querido de todas e todos nós! O Teatro e a Educação Pernambucana perderam um grande arauto, porém certamente perpetuarão a história de dignidade que tão bem esse ser talentoso soube escrever. Flávio Santos, PRESENTE PRA SEMPRE!

Tags: 
17 Janeiro
Recife
CAPACITA ARTE E SUSTENTABILIDADE
Por Belkiss Gulard

Estamos concluindo o semestre 2016.2. com muitas alegrias. Os resultados dos nossos esforços têm surgido de maneira muito honrosa! E não é para menos que as professoras Elisangela Silva e Edilene Távora estão presenteando o nosso curso com uma excelente CAPACITA relacionado a Arte e Sustentabilidade.

Refletir sobre os impactos que os resíduos sólidos geram ao meio ambiente, bem como utilizar estratégias criativas de manejo desses, capacitando novos artesãos e aprimorando o trabalho artístico a fim de criar uma rede de empreendimento  sustentável que impulsione o processo de transformação social, cultural, econômica e ambiental é a nossa maior meta.

Márcio Lima, mediador convidado, é professor especialista em educação e artesão tendo experiência tanto no processo educacional no Ensino de Arte na Prefeitura de Ipojuca - PE , como na produção de peças artesanais para comercialização. Para maior contato com o trabalho do mesmo pelas redes sociais segue o link: https://www.facebook.com/marsilvalima.

Conforme apresentado no cartaz, o evento ocorrerá na sala 002, da Faculdade Joaquim Nabuco - Recife, das 09h às 12h do próximo sábado 10 de dezembro de 2016. Tanto estudantes, professores/as e colaboradores  do Grupo Ser Educacional, como público externo estão sendo esperados nesse fechamento de mais um semestre de vitórias. O valor de inscrição é de 1Kg de alimento não perecível a ser realizado na assessoria de coordenação no 1º andar do edifício sede da FJN-REC.

Para que tudo aconteça nos conformes, segue abaixo a lista de materiais para a produção estética: