JOAQUIM NABUCO | Ser Educacional
07 Setembro
INSCRIÇÕES
Aberta as inscrições para congresso de Tecnologia da Informação e Comunicação
Por Hildo Pereira

Estão abertas as inscrições para o 9º Congresso Brasileiro de Tecnologia da Informação e Comunicação. O evento será realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, entre os dias 28 e 30 de setembro e vale 30 horas de atividade complementar para os alunos que obtiverem o certificado. 

Clique aqui para saber mais se inscrever

 

07 Setembro
EXPERIÊNCIA
Alunos do 7º período visitam Assessoria da Prefeitura do Recife
Por Hildo Pereira

Os alunos do 7º período de jornalismo do Centro Universitário Recife visitaram a assessoria de imprensa da Prefeitura do Recife, nesta quarta-feira (6). Tanto a turma da noite quanto a da manhã participaram da atividade, que foi proposta pelas professoras Josilene Marins e Izabelyta Guerra.
 
Neste semestre, os alunos do 7º período estão fazendo a disciplina de Assessoria de Imprensa e Agência de Notícias e a visita teve como objetivo mostrar a rotina de uma assessoria que trabalha para um órgão público.

31 Agosto
Conhecimento
Alunos visitam exposição no Mamam
Por Hildo Pereira

Os alunos do 4º, 5º e 7º períodos do curso de jornalismo do Centro Universitário Joaquim Nabuco Recife visitaram a exposição “Uma capa é uma capa é uma capa é uma capa”, Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) nesta quarta-feira (30). As disciplinas envolvidas foram Princípios da Edição Gráfica, Edição Gráfica e Redação Jornalística III, dos professores Paulo Carvalho, Celiane Araújo e Josilene Marins, respectivamente.

As 30 capas expostas são assinadas por Fabio Seixo, Hallina Beltrão, Hélia Scheppa, Janio Santos, Jéssica Mangaba, Karina Freitas e Pedro Vasconcelos. 

SERVIÇO

ABERTURA: 30 de agosto
VISITAÇÃO: de 31 de agosto a 19 de novembro
De terça a sexta: das 12h às 18h
Sábados e domingos: das 13h às 17h
ENTRADA GRATUITA

11 Outubro
MATÉRIA
A inclusão social passa pelo direito à comunicação
Por Hildo Pereira

Por Iriny Lopes
 
O acesso a informações e a oportunidade de produção de conteúdos, além da garantia de difusão e distribuição são princípios fundamentais no debate sobre a democratização da comunicação. O Brasil está longe de ter uma mídia independente e democrática. O mercado de TV é controlado por seis grandes grupos, que movimentam anualmente cerca de US$ 3 bilhões, sendo que quase metade desse total (US$ 1,59 bilhão) está concentrada nas mãos da Rede Globo. Segundo relatório da Article 19, que atua na promoção e proteção ao direito à liberdade de expressão, são essas seis empresas que controlam a informação “em conjunto com seus 138 grupos afiliados, um total de 668 veículos midiáticos (TVs, rádios e jornais) e 92% da audiência televisiva – a Globo, sozinha, detém 54% da audiência da TV (em um país em que 81% da população assiste TV todos os dias, numa média de 3,5 horas por dia)".
 
Esta concentração do mercado de informação dá a medida de quanto a sociedade é excluída de todo o processo de elaboração da comunicação. A seleção de conteúdos privilegia os interesses privados, sobretudo os que interessam às grandes empresas nacionais e transnacionais, e segregam as demandas sociais. Não é necessário ser especialista para constatar a pasteurização das notícias. Raros são os veículos que conseguem fugir do noticiário “consensual” das redes, numa cartelização dissimulada da comunicação.
 
A diminuição das desigualdades sociais não se dará sem que se considere a comunicação como elemento de inclusão. As elites sabem da importância da informação. Por isso mesmo, relutam em abrir o mercado, de serem fiscalizadas, de terem o controle externo que tanto pregam para o Legislativo e o Executivo, usando o falso e precário argumento de que estão sendo cerceadas na liberdade de expressão. A democratização prevê a universalização de vozes, pensamentos, culturas e respeito à diversidade, algo que não cabe no restrito mercado atual controlado por grandes empresas de comunicação.
 
Clique aqui para ler o artigo completo

28 Setembro
ATIVIDADE
Alunos fazem atividade em Porto Jatobá
Por Hildo Pereira

Os alunos dos 6º e 7º períodos do Centro Universitário Joaquim Nabuco Recife (UNINABUCO) visitaram a Associação de Pescadores de Porto Jatobá, em Abreu e Lima, no dia 23 de setembro.  No local, as famílias tiram o sustento por meio da pesca e do desenvolvimento do artesanato e da culinária.
 
A atividade foi desenvolvida pela professora Izabelyta Guerra, que ministra as disciplinas de Técnica de Entrevista e Reportagem II e Assessoria de Imprensa e Agência de Notícia. Para os alunos, foi solicitado que eles desenvolvam uma série de reportagens e um plano de assessoria de imprensa, respectivamente. 
 

28 Setembro
ATIVIDADE
Alunos do 5º período de jornalismo entrevistam assessor da PF
Por Hildo Pereira

Os alunos do 5º período de jornalismo do Centro Universitário Joaquim Nabuco Recife (Uninabuco) entrevistaram o chefe de comunicação social da Policia Federal, Giovani Santoro, nesta terça-feira (26), no Laboratório de Rádio da unidade.
 
A atividade foi para a disciplina de Técnicas de Entrevista e Reportagem, ministrada pelo professor Hildo Neto. Durante o bate-papo, os alunos abordaram vários aspectos, desde a convocação de entrevistas coletivas, contato com os jornalistas, até operações da Polícia Federal.
 

12 Setembro
PALESTRA
Alunos recebem o jornalista João Valadares
Por Hildo Pereira

Um dos jornalistas mais premiados do Brasil, João Valadares, bateu um papo com os alunos de jornalismo do Centro Universitário Joaquim Nabuco Recife. Com 39 anos, ele trabalhou como repórter especial do Correio Braziliense e do Jornal do Commercio. No início da carreira, atuou no site Terra e na Folha de Pernambuco. Foi fundador e editor do Pebodycount, projeto que contabilizava o número de homicídios em Pernambuco entre 2007 e 2010. Venceu por mais de uma edição os principais prêmios jornalísticos do País, entre eles, Esso, Vladmir Herzog, Embratel, Caixa e Cristina Tavares.

Durante a palestra, o jornalista falou sobre os desafios da profissão, a investigação no jornalismo e como foi atuar em Brasília e cobrir a operação Lava-jato. 

 

 

 

29 Agosto
PALESTRA
UNINABUCO presente na palestra de William Waack
Por Hildo Pereira

A palestra do jornalista da TV Globo, William Waack, contou com a presença de representantes do Centro Universitário Joaquim Nabuco, nesta terça-feira (29), no Teatro do Riomar. O tema do evento foi Brasil novo rumo - Cenários econômicos e políticos: Onde estamos e para onde vamos? O fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional, Janguiê Diniz participou como debatedor. 

Estiveram presentes o diretor da UNINABUCO Leonardo Estevam, o coordenador de Comunicação Social Hildo Neto, o professor Ciro Guimarães e alunos de jornalismo e publicidade. 

29 Agosto
JORNALISMO
Ex-aluna de jornalismo fala sobre suas experiências no mercado de trabalho
Por Hildo Pereira

A professora do curso de Comunicação Social do Centro Universitário Joaquim Nabuco, Juliana Sampaio,  convidou a  repórter da TV Jornal e ex-aluna, Suelen Brainer, para um bate papo com os alunos do sexto período de jornalismo.

Na ocasião, Suelen Brainer falou sobre suas experiências com reportagens telejornalísticas. "A ideia foi trazer uma pessoa com experiência de mercado pra dentro da sala de aula. Já que a minha disciplina neste período é telejornalismo e Suelen se formou aqui pela Nabuco em 2012. Ou seja, um caso de sucesso entre nossos ex-alunos", vibrou a professora Juliana Sampaio.

Entre uma pergunta e outra, Suelen Brainer falou sobre a construção de um texto pra tv, sobre as entradas ao vivo, o stand up e sobre o dia a dia de uma redação de TV. Os estudantes adoraram a iniciativa e puderam tirar suas principais dúvidas.

26 Agosto
VISITA
Alunos da Escola Lions têm aula na UNINABUCO
Por Hildo Pereira

Os alunos da Escola Lions de Parnamirim, que fica no bairro de Dois Irmãos, visitaram o Centro Universitário Joaquim Nabuco, na última quinta-feira (24). Os estudantes foram recebidos pelo coordenador de Comunicação Social, Hildo Neto, e tiveram aula sobre como produzir um jornal e sobre princípios básicos da redação jornalística.

Neste semestre, os alunos farão um jornal sobre o bairro da escola e poderão conhecer os caminhos para a produção. Após a aula, os estudantes visitaram os laboratórios de comunicação da UNINABUCO e participaram de atividades práticas. "Gostaria de agradecer a receptividadem a forma como fomos acolhidos e a vivência proporcionada aos meus alunos. Essa experiência abriu novas perspectivas e possibilidades para nossos discentes", destacou a professora Vanessa Silva.

Confira a galeria de fotos.  

Páginas