JOAQUIM NABUCO | Ser Educacional
20 Novembro
CONSCIÊNCIA NEGRA
20 de Novembro: Dia Nacional da Consciência Negra
Por Hugo Sérgio

O dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro e representa a luta dos negros contra a discriminação racial.   A celebração relembra a importância de refletir sobre a posição dos negros na sociedade. Afinal, as gerações que sucederam a época de escravidão sofreram diversos níveis de preconceito.

A data foi estabelecida pelo projeto Lei n.º 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. No entanto, somente em 2011 a lei foi sancionada (Lei 12.519/2011) pela presidente Dilma Rousseff.

História do Dia da Consciência Negra

As diversas nações africanas não se reconheciam como negros, e sim como Bantos, Haúças, Niams, Fulas, Kanembus, etc.  Os primeiros africanos trazidos para o Brasil como escravos chegaram aqui em 1532. A abolição do tráfico negreiro deu-se em 1850, pela Lei Eusébio de Queiroz. Após a abolição formal da escravidão no dia 13 de maio de 1888, a busca da "liberdade" e da igualdade por direitos dos negros jamais cessou. O sentimento de discriminação sentido por todos os lados tornou o negro excluído da sociedade, da educação e assim, marginalizado no mercado de trabalho.

Essa exclusão foi aos poucos se diluindo. O negro encontrava lugar nos esportes e artes, mas não tinha acesso à universidade, por exemplo. Deste modo, a população negra optou por uma celebração simbólica dessa luta constante para sua libertação.

A criação de um dia comemorativo da Consciência Negra é uma forma de lembrar a importância de valorizar um povo que contribuiu para o desenvolvimento da cultura brasileira.

Neste dia 20 de Novembro, pedimos Paz e Respeito, pois o sangue negro corre nas veias de todo o povo brasileiro.

#20deNovembro  #Respeito #ConsciênciaNegra

#CursodeCiênciasContábeis 

20 Novembro
CONSCIÊNCIA NEGRA
20 de Novembro: Dia Nacional da Consciência Negra
Por Manoel Filho

20 de Novembro: Dia Nacional da Consciência Negra

O dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro e representa a luta dos negros contra a discriminação racial.

A celebração relembra a importância de refletir sobre a posição dos negros na sociedade. Afinal, as gerações que sucederam a época de escravidão sofreram diversos níveis de preconceito.

A data foi estabelecida pelo projeto Lei n.º 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. No entanto, somente em 2011 a lei foi sancionada (Lei 12.519/2011) pela presidente Dilma Rousseff.

História do Dia da Consciência Negra

As diversas nações africanas não se reconheciam como negros, e sim como Bantos, Haúças, Niams, Fulas, Kanembus, etc.

Os primeiros africanos trazidos para o Brasil como escravos chegaram aqui em 1532. A abolição do tráfico negreiro deu-se em 1850, pela Lei Eusébio de Queiroz. Após a abolição formal da escravidão no dia 13 de maio de 1888, a busca da "liberdade" e da igualdade por direitos dos negros jamais cessou.

O sentimento de discriminação sentido por todos os lados tornou o negro excluído da sociedade, da educação e assim, marginalizado no mercado de trabalho.

Essa exclusão foi aos poucos se diluindo. O negro encontrava lugar nos esportes e artes, mas não tinha acesso à universidade, por exemplo. Deste modo, a população negra optou por uma celebração simbólica dessa luta constante para sua libertação.

A criação de um dia comemorativo da Consciência Negra é uma forma de lembrar a importância de valorizar um povo que contribuiu para o desenvolvimento da cultura brasileira.

#20deNovembro  

31 Outubro
OUTUBRO ROSA
Unidade Olinda abraça a campanha Outubro Rosa
Por Manoel Filho

Com final do mês de outubro, a unidade de Olinda encerra suas atividades de conscientização dos alunos sobre a necessidade de prevenção do Câncer de Mama.

Os prédios da Faculdade receberam iluminação especial na cor rosa, decoração na sua fachada e ambientes internos. Os alunos receberam folhetos explicativos e palestras sobre o processo de prevenção.  Alunos, funcionários e professores também receberam laços na cor rosa para usarem nas roupas e crachás.

Durante toda a Semana de Oficinas Profissionalizantes, os alunos e participantes também receberam informação da Campanha Nacional.

 

11 Outubro
EVENTO
Veja a programação da Semana de Oficinas Profissionalizantes
Por Hugo Sérgio

A coordenação do curso de Ciências Contábeis da Uninabuco Olinda promove a Semana de Cursos Profissionalizantes 2017.2. Serão oferecidas oficinas, palestras e mini-cursos de capacitação e atualização profissional para o aperfeiçoamento de práticas contábeis e de gestão voltadas aos futuros contadores e público em geral.

Para o coordenador do curso, o prof. Hugo Sérgio, o evento tem um foco especial: "É uma ótima oportunidade para quem está precisando atualizar e reciclar seus conhecimentos nos temas que estão em evidência na área contábil, procuramos contemplar o desenvolvimento profissional e tambem a orientação de carreira, como forma de ajudar aquelas pessoas que estão fora do mercado de trabalho neste momento de crise econômica"

A participação é gratuita com emissão de certificado e valerá 10 horas de atividades complementares. Confira a programação na seção anexo. 

 

05 Outubro
HORÁRIO
Confira o horário de aulas 2017.2
Por Hugo Sérgio

Já está disponível o horário de aula das turmas do curso de ciências contábeis da UNINABUCO Olinda. Confira o anexo. 

A coordenação.

28 Agosto
HORÁRIO
Horário de aula para as turmas de Sistemas de Informação já está disponível
Por Hesdras Oliveira

Caros,

Em anexo o horário de aula do semestre 2017.2.

Bons Estudos!!!

 

24 Julho
CULTURA
1º Encontro Cultural de Capoeira será realizado em Olinda
Por Hugo Sérgio

No dia 1º de agosto, a Faculdade Joaquim Nabuco Olinda realizará o 1º Encontro Cultural de Capoeira. O evento será realizado na Orla da cidade, por trás da instituição, às 19h. Os participantes irão receber declaração de comparecimento. Confira o convite na galeria abaixo:

 

 

20 Dezembro
Oito vagas
Confira oportunidade de estágio em escola de Olinda
Por Taísa Silveira

Por: Simone Patrícia

A Escola Oásis, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, está com oitro vagas de estágio abertas para estudantes do sexto período. Os alunos irão atuar das 13h às 17h, lecionando para alunos da Educação Infantil e/ou até 5º ano do Ensino Fundamental. 

Entre os pré-requisitos estão comprovar experiência em outra instituição de ensino, ser solteiro (a) e morar próximo a Olinda. É oferecida bolsa de R$ 600, além de auxílio transporte. Os interessados devem mandar currículo para o email eliabe.eopm@hotmail.com.